Dia das Mães

A história do dia das mães

A história do dia das mães


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A mais antiga celebração do Dia das Mães é mitológica. Tudo começou na Grécia Antiga, em torno do festividades em homenagem a Rhea, a mãe dos Deuses Júpiter, Netuno e Plutão.

No início do século 17 a Inglaterra começou a se dedicar o quarto domingo da Quaresma a todas as mães em operação. Nesse dia eles foram dispensados ​​de seus empregos para que pudessem ficar em casa com seus filhos e suas mães. Neste dia denominado 'Domingo do Servo da Mãe', foi celebrado com a preparação de um bolo.

Nos Estados Unidos, a primeira sugestão para a criação do Dia das Mães ocorreu no século 19, quando a escritora Julia Ward Howe organizou uma reunião de mães dedicadas à paz em Boston. A partir daí, a luta pela homenagem às mães foi retomada por Anna Jarvis, no início do século 20, em uma pequena cidade do estado de West Virginia.

Acompanhada por um grupo de amigos, Anna deu início a um movimento para instituir um dia em que todas as crianças pudessem homenagear suas mães.

Essa luta ajudou ela saia de uma depressão profunda Devido ao falecimento de sua mãe, em pouco tempo a comemoração se espalhou por todo o país fazendo com que o Presidente Wilson oficializasse o Dia das Mães como feriado nacional, sendo celebrado todos os segundos domingos do mês de maio.

Com o tempo, muitos outros países, de diferentes partes do mundo, aderiram à celebração. A ideia principal de Anna Javis era fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais. Um sonho tornado realidade.

Mas com o tempo, a celebração perdeu o significado para ela. A popularidade da festa fez com que a data se tornasse um dia lucrativo para os comerciantes, principalmente para quem vendia cravos brancos, flor que simboliza a maternidade.

Anna Javis, que passou praticamente toda a vida lutando para que as pessoas reconhecessem a importância e o valor das mães, entrou com um processo de anulação do Dia das Mães, mas não teve sucesso. "Eu não criei o Dia das Mães para lucrar", disse ela com raiva a um repórter em 1923.

Ele morreu em 1948, aos 84 anos. Ele recebeu cartões comemorativos de todo o mundo durante anos, mas não conseguiu sentir o que era ser mãe.

E agora vamos contar uma curiosidade que nem todos conhecem: nem todos os países celebram o Dia das Mães no mesmo dia:

- Na maior parte da Europa, as mães são homenageadas em primeiro domingo de maio, embora em alguns outros coincidam com o Dia da Mulher Trabalhadora.

- Nos países da América Latina, a data também varia:

  • No México por exemplo, é o 10 de maio. Os mexicanos decidiram nesta data graças à instância do jornalista Rafael Alducín no jornal "Excelsior" em 13 de abril de 1922. Em 10 de maio daquele ano o festival foi celebrado pela primeira vez.
  • No Colômbia, Venezuela, Peru, Chile, Equador, Honduras, Porto Ricoé comemorado no segundo domingo do mês de maio.
  • No Argentina eles o celebram no terceiro domingo de outubro. Mas o mais importante não é a data, mas o reconhecimento e a lembrança do valor de todas as mães.
  • Na Nicarágua, para colocar outro caso, o dia 30 de maio foi escolhido porque naquela data era o aniversário de Casimira sacasa, mãe da esposa de Anastasio Somoza, então presidente deste país na década de 40.
  • No Bolívia, é comemorado em 27 de maio.
  • No Costa Rica É celebrado no dia 15 de agosto pela comemoração da Assunção da Virgem Maria, que para os católicos é o melhor exemplo a seguir em termos de maternidade. É feriado em todo o país e dia não útil por lei.
  • No Panamá, é comemorado em 8 de dezembro, dia da Imaculada Conceição.

Nos Estados Unidos, o Dia das Mães é comemorado todos os anos no segundo domingo de maio, este dia é comemorado graças a duas mulheres, uma delas Julia Ward Howe, escritor e autor do Hino da República. Em 1872, ela começou a realizar reuniões para celebrar o Dia das Mães em Boston, onde morava. E a outra influência é Ann Marie Reeves Jarvis, uma dona de casa que criou o Associação Internacional do Dia das Mães em 1905.

O carinho por uma mãe ou algum familiar ou amigo não deve ser demonstrado apenas nesta data, tem que se tentar fazer todos os dias do ano com pequenos gestos. Mas como desta vez queremos que este dia seja algo especial, vamos pensar num presente para cada tipo de mãe. Assim, por ser algo mais personalizado, vai deixar você muito mais animado!

- Presentes para mães esportistas
O esporte é o grande hobby de muitas mães, pois permite que elas descarreguem toda a adhrelin acumulada ao longo do dia, desestressem, recarreguem e se renovem por dentro e por fora. Portanto, um bom detalhe que as crianças podem ter é vestir o agasalho e o tênis e preparar uma mesa de ginástica em casa, principalmente se o clima ou as circunstâncias não as acompanharem para sair. Além disso, você pode usar qualquer objeto que tenha em mãos, por exemplo, garrafas de leite podem fazer pesos e cadeiras, degraus. Será muito divertido!

- Presentes para mães que adoram filmes
Para outros tipos de mulheres, o momento de desconexão com o mundo ocorre quando se sentam no sofá com o controle remoto nas mãos e selecionam um bom filme no Netflix ou em qualquer outra plataforma. Você pode aproveitar para ver alguns sobre maternidade ou, também, escolher uma comédia engraçada. Claro, os filhos e o pai se encarregam de preparar a pipoca. Trato feito?

- Presentes para as mães da cozinha
Dizem que os homens são conquistados pelo estômago, mas também as mulheres! Se tem em casa uma aspirante a mulher para a próxima edição do Master Chef, nada melhor do que surpreendê-la com receitas únicas e originais. Você só precisa saber se mamãe é mais doce ou salgada, verificar se tem todos os ingredientes na despensa e ... mãos à obra!

- Presentes para mães que adoram cartas
Se a mesa de cabeceira da mãe está cheia de livros, aqui está a chave do que ela gostaria de receber de presente no Dia das Mães! Por que não tentamos algo diferente este ano e colocamos nossa criatividade em ação para dar vida a um poema ou história? Um truque para inventar histórias é combinar diferentes personagens literários e criar uma história a partir daí. Por exemplo, colocar Harry Potter junto com Chapeuzinho Vermelho e levá-los para a casa de BoB Sponge no fundo do mar.

Você tem coragem de representar uma peça de teatro inspirada no Dia das Mães? Você vai se divertir muito e mamãe vai ficar muito animada.

- Presentes para mães apaixonadas por artesanato
Se todas as semanas a mãe se senta com seus filhos para fazer alguma arte, você não acha que é hora de devolver a ela essas horas na forma de um presente feito sem sua ajuda e com suas próprias mãos? Não tem que ser complicado, é só fazer um desenho ou procurar algum material reciclável que tem pela sala ou quartos: copos de plástico, caixas de papelão para ovos, rolos de papel higiénico ... Aqui o que conta! É a intenção e o detalhe não o resultado (embora se parecer bonito, melhor!).

As mães são as protagonistas de muitas das histórias que contam aos filhos todas as noites antes de dormir. Você pode não ter notado, não é? É por isso que sugerimos que no Dia das Mães você selecione algumas dessas belas histórias.

Você pode ler mais artigos semelhantes a A história do dia das mães, na categoria Dia das Mães no local.


Vídeo: Se As Coisas Fossem Mães - por Sylvia Orthof - AudioBook InfantilLivro InfantilHistória Infantil (Dezembro 2022).