Valores

O decálogo do brinquedo infantil

O decálogo do brinquedo infantil


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Na hora de escolher um brinquedo para crianças, é conveniente ter em mente algumas dicas e conceitos sobre a aquisição e uso do brinquedo pela criança. O decálogo dos brinquedos infantis, elaborado pela Associação Espanhola de Fabricantes de Brinquedos, dá-nos informações sobre o brinquedo, como instrumento de socialização, aprendizagem, transmissor de cultura e valores.

1. O brinquedo é cultura porque é um instrumento antropológico, presente nas culturas de todos os tempos. Por meio da brincadeira e do brinquedo, o indivíduo se constrói do ponto de vista antropológico, biológico, psicológico e cultural.

2. O brinquedo melhora a aprendizagem experimental de crianças e tem um alto valor psicopedagógico. O brincar e o brinquedo desempenham um papel fundamental na dinâmica da aprendizagem inicial e são essenciais para o desenvolvimento equilibrado da personalidade da criança e seu amadurecimento.

3. O brinquedo é um instrumento de socialização. O brinquedo, através da brincadeira, atua como um importante meio de socialização, que contribui para a formação e transmissão de valores sociais como a cooperação, o companheirismo e a solidariedade.

4. Os brinquedos aumentam as habilidades motoras e mentais. A manipulação dos brinquedos tem efeitos físicos, psicológicos e educacionais na criança, prolonga a capacidade de ação e pensamento para além do corpo e permite a criação e o aperfeiçoamento de novas ações e ideias.

5. O brinquedo é divertido. Os brinquedos agregam valor ao jogo, tornam-no mais complexo e variado e tornam essa atividade lúdica uma experiência agradável e educativa.

6. O brinquedo é um meio de expressão e comunicação. Por meio dela, os pequenos expressam suas emoções, ao mesmo tempo em que resolvem problemas e situações.

7. Os brinquedos facilitam a identificação com o adulto. Brincar com brinquedos, na medida em que simula situações de idosos, transmite informações, atitudes e valores do mundo adulto.

8. O brinquedo é uma importante fonte de informação. Por meio dos brinquedos podemos aprender a ver o mundo como as crianças o percebem e também detectar seus preconceitos, conhecimentos errôneos e expectativas.

9. O brinquedo deve ser adequado à idade e capacidade da criança. É preciso encontrar o brinquedo mais adequado para cada necessidade e momento. Para tanto, critérios educacionais (idade, tempo e conhecimento) devem ser levados em consideração para evitar a frustração da criança.

10. A Declaração Universal das Nações Unidas (1980) reconhece o direito da criança de brincar. Para garantir esse direito, os adultos devem disponibilizar recursos, tempo e espaços lúdicos adequados e estimulantes.

Fonte:
- Associação Espanhola de Fabricantes de Brinquedos.

Você pode ler mais artigos semelhantes a O decálogo do brinquedo infantil, na categoria Brinquedos no local.


Vídeo: 10 GADGETS QUE IRÃO ILUMINAR SUA VIDA (Dezembro 2022).