Valores

Mães e pais de filho único


A maior preocupação em ter apenas um filho é dos pais. Muitos pais se preocupam em não querer dar aos filhos excessos que os prejudicam, em vez de beneficiá-los. É muito fácil cair na tentação de superproteger, mimar e educar mal, mas se o que se quer é educá-los bem, é importante que siga algumas dicas.

- Evite ser muito absorvente com seu filho.
- Procura não protegê-lo muito.
- Incentive-o a seguir suas próprias inclinações.
- Respeito e aceitar os defeitos e falhas de seu filho.
- Valorize suas conquistas, mas não o elogie muito.
- Não se esqueça do carinho. Isso lhe dará segurança.
- Repreenda-o ou castigue-o quando necessário e não se sinta culpado por isso.
- Combata a “solidão” do seu filho promovendo o contacto e as relações sociais com outras crianças.
- Procure atividades esportivas e de lazer nas quais você possa competir e compartilhar experiências com outras pessoas da mesma idade.
- Evite que seu filho esteja sempre rodeado por adultos.
- A figura do pai representa um papel fundamental para o filho, pois pode ajudar o filho a não se apegar muito à mãe.
- Não seja possessivo (a) com seu filho. Deixe-o compartilhar com outras crianças.
- Evite muito controle sobre seu filho. Não diga a ele o tempo todo: Não toque, não faça isso, você vai se machucaretc.
- Ajude seu filho a resolva seus próprios problemas, mas nem todos.
- Convide os amigos do seu filho para brincar em sua casa e deixe seu filho ir para a deles também.
- Deixe seu filho viver sua infância. Não o trate como um adulto. Lembre-se sempre de que ele é um menino.
- Evite tratá-lo como um robô, fazendo tudo que você diz a ele. Ajude-o a tomar suas próprias decisões, o que vestir, o que comer. Peça a opinião deles. Envolva-o.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Mães e pais de filho único, na categoria de filho único no local.


Vídeo: UM DIA COMO FILHO ÚNICO (Pode 2021).