Valores

Os primeiros jogos com meu bebê

Os primeiros jogos com meu bebê


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O jogos A favorita da minha filha quando ela tinha apenas um mês de idade estava dançando perto do meu peito, ao ritmo dos meus passos. E sinta as notas da música a cada movimento. Eu sei que naquele momento ela se sentiu protegida em meus braços enquanto experimentava infinitas novas sensações. E é que nesses primeiros meses de vida do seu filho fica claro que a melhor forma de aprender é brincando.

O ritmo, as formas, as cores, o frio ou o calor. O barulho, o toque. Em seus primeiros meses, o bebê começa a descobrir um mundo totalmente novo. E é realmente incrível. Este é o momento em que o cérebro se desenvolve mais rapidamente. Você tem sede de aprender, de compreender, de internalizar. De repente, a voz da mamãe está clara. Não é mais tamponado pelo líquido amniótico. Os sons são suaves, estridentes e altos. Em pouco tempo as formas deixarão de ser borradas e as cores ganharão um matiz intenso e incrível.

Nessa fase de descobertas, de novidades, você pode ajudar seu filho a curtir todas essas mudanças com jogos muito simples. aqui estão alguns exemplos:

- Dançar e cantar: Sim, dançar, com seu filho nos braços, ao som de música, favorece sua capacidade de orientação e coordenação espacial. Você tentará perceber imagens em movimento. Você começará a se familiarizar com o ritmo, com a batida. E cante para ele, cante para ele todos os dias. Foi demonstrado que a música melhora o desenvolvimento do cérebro e traz benefícios para a saúde.

- Um bicho de pelúcia: Obviamente, um bicho de pelúcia de acordo com sua idade. Sem cabelos compridos ou objetos que o bebê possa arrancar e colocar na boca. É engraçado, minha filha tinha um patinho pendurado no berço. Um dia a descobri conversando com ele. Eu cantei para ele. Seus primeiros gorgolejos foram para aquele patinho que o acompanhava em todos os sonhos. Era sua maneira de praticar com ele, de descobrir sua voz, de modulá-la. Acredite em mim, um bicho de pelúcia é mais do que apenas um brinquedo. Pode se tornar um ótimo companheiro para seu filho.

- O cuco: É um jogo fabuloso para o bebê perceber que as coisas não desaparecem, que existem mesmo que ele não as veja. Ele começa cobrindo um brinquedo e o revelando diante de seus olhos. Então faça isso com seu rosto. E finalmente, com o seu. Você vai ver como ele gosta!

- Jogos no banheiro: O banheiro é um momento muito importante para fortalecer links pai-filho e um ótimo lugar para brincar com seu bebê. Os cheiros, a textura dos objetos, o som dos salpicos da água. Todos os sentidos são aguçados (logo o do paladar também ficará).

- Boca abaixo: Deite-se como ele, de bruços. Brinque com seu bebê no chão. Você aumentará o interesse dele em erguer o pescoço e observar tudo o que o cerca. A princípio ficará colado ao chão, aos poucos você verá que ele levanta os braços e as pernas e só vai se apoiar na barriga. Você está promovendo o rastreamento, uma fase que ajudará o desenvolvimento psicomotor de seu filho.

- Para a Academia: um dos lugares favoritos de minha filha era o cobertor de brincar. E não era nada mais do que um pano quadrado com padrões de cores fortes, com um laço no qual estavam pendurados bonecas sonhadoras e algumas bonecas que, dentro do tecido, ofereciam sons e texturas de todos os tipos. E ela gostava de tocá-los, de criar sons. Logo depois, ela começou a mexer as pernas, e aquele cobertor se tornou uma academia fantástica para ela.

- De passeio: Caminhar com seu bebê está abrindo a porta para o mundo. Imagine o primeiro descobertas. A luz, as nuvens, o som dos pássaros, o barulho dos carros. A princípio, a imagem que você verá será a do céu. Mas assim que você passar para uma cadeira mais ereta, ele passará o dia observando tudo. Use o porta-bebês. Você poderá ver muito mais enquanto se sente seguro ao lado de seu peito.

- Fazer caras: Sim, perca seu medo. Dê a ele um grande sorriso e depois faça uma cara triste. Ele franze a testa. Mostra a língua. Coloque mil e uma faces. Seu filho aprenderá gradualmente a internalizar gestos e emoções. Ele vai rir e tentar imitá-lo. Você também pode jogar make sons enquanto faz caretas, como bater palmas ('palmas palmitas') ou convidá-lo a seguir seu dedo conforme você o move de um lado para o outro.

- As carícias: A primeira sensação que o bebê desenvolve é o toque. No início, eles não veem com clareza. Seu único alimento é leite. Ei, sim, mas a primeira coisa que seu bebê vai sentir é seu abraço, seu calor e seu toque. E as carícias, falam, falam muito. Você estará transmitindo segurança ao seu filho e estará fortalecendo o vínculo com ele. Aprenda a dar-lhe uma massagem depois do banho. É relaxante, estimulante e muito bom para a saúde do seu bebê.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Os primeiros jogos com meu bebê, na categoria de estimulação infantil no local.


Vídeo: Os Primeiros Passos do Bebê! . Canal do Joãozinho - Little Angel Português (Outubro 2022).